top of page

A geração solar distribuída atingiu um marco significativo no Brasil, ultrapassando a marca de 28 gigawatts (GW) de capacidade instalada.


A geração solar distribuída atingiu um marco significativo no Brasil, ultrapassando a marca de 28 gigawatts (GW)
A geração solar distribuída atingiu um marco significativo no Brasil, ultrapassando a marca de 28 gigawatts (GW)

A geração solar distribuída atingiu um marco significativo no Brasil, ultrapassando a marca de 28 gigawatts (GW) de capacidade instalada. Essa modalidade permite que residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos produzam sua própria eletricidade por meio de sistemas fotovoltaicos. Os dados são da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).


Principais pontos sobre a geração solar distribuída no Brasil:

  1. Capacidade Instalada: A energia solar ultrapassou os 28 GW de capacidade instalada na geração distribuída.

  2. Beneficiários: Quase 2,5 milhões de sistemas fotovoltaicos beneficiam mais de 3,5 milhões de unidades consumidoras em todo o país.

  3. Investimentos e Empregos: Desde 2012, foram investidos cerca de R$ 139 bilhões, gerando mais de 840,3 mil empregos em todas as regiões do Brasil.

  4. Popularização da Tecnologia: O crescimento exponencial da geração própria de energia solar reflete a popularização dessa tecnologia no território nacional. A queda de aproximadamente 50% no preço médio final dos painéis solares em 2023 tornou a energia solar ainda mais atrativa para consumidores de diferentes perfis.

  5. Potencial de Crescimento: O Brasil possui cerca de 92,4 milhões de unidades consumidoras de energia elétrica no mercado cativo, indicando um enorme potencial de crescimento para a tecnologia fotovoltaica.

O CEO da Absolar, Rodrigo Sauaia, destaca que o crescimento da geração própria solar fortalece a sustentabilidade, alivia o orçamento das famílias e eleva a competitividade dos setores produtivos brasileiros.


Um estudo encomendado pela Absolar concluiu que a economia líquida na conta de luz de todos os brasileiros será de mais de R$ 84,9 bilhões até 2031 devido à geração distribuída.

11 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page