top of page

Parceria Escocesa com Empresa Chinesa de Energia para Turbinas Eólicas Gera Preocupações



Parceria Escocesa com Empresa Chinesa de Energia para Turbinas Eólicas Gera Preocupações
Parceria Escocesa com Empresa Chinesa de Energia para Turbinas Eólicas Gera Preocupações

A Escócia está prestes a estabelecer uma parceria com a Guangdong Mingyang Smart Energy Group (Mingyang Smart), a maior fabricante de turbinas eólicas na China continental, para a construção de uma base de produção no Mar do Norte. No entanto, essa colaboração tem gerado preocupações entre os parlamentares escoceses, que veem riscos à segurança nacional e à geopolítica.


A Empresa Mingyang Smart

A Mingyang Smart é conhecida por sua expertise em pesquisa e desenvolvimento de turbinas eólicas resistentes ao vento. Com mais de 20 bases de fabricação no continente chinês, a empresa também estabeleceu centros de P&D no Vale do Silício (EUA) e na Alemanha. Seu compromisso com a inovação e a produção de tecnologias sustentáveis a torna uma escolha natural para a Escócia, que busca expandir sua capacidade de energia eólica.


Preocupações de Segurança Nacional

O deputado escocês Stewart McDonald expressou suas preocupações sobre a parceria. Ele afirma: “Estamos confiando capacidades tão cruciais a um país autoritário e hostil, enquanto outros países da UE estão seguindo direções diferentes.” O governo norueguês, anteriormente, rejeitou a aposta na Mingyang Intelligent, considerando a segurança nacional como um fator primordial no setor de energia eólica offshore.


A Lei Britânica de Segurança Nacional e Investimento

McDonald enfatiza que o governo do Reino Unido precisa explicar por que autorizou um projeto de tal magnitude em uma indústria tão sensível e estratégica. Ele também defende a aplicação rigorosa da Lei Britânica de Segurança Nacional e Investimento, considerando a China como uma ameaça econômica e tomando medidas para proteger as infraestruturas nacionais contra influências externas.


A parceria Escócia-China é um equilíbrio delicado entre oportunidades econômicas e preocupações de segurança. À medida que avança, é essencial que todas as partes envolvidas considerem cuidadosamente os riscos e benefícios para garantir um futuro sustentável e seguro para a energia eólica no Mar do Norte.




4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page